Domingo/ 14/ Agosto, 2022 - 22:03

monteCCer, referência de qualidade em armazenagem no cerrado mineiro.

monteCCer, referência de qualidade em armazenagem no cerrado mineiro.

Visitamos a cooperativa dos Cafeicultores do Cerrado de Monte Carmelo para conferir como é feito o armazenamento dos lotes de café depositados pelos produtores. Falamos com o gerente de produção Sebastião Romeu Rabelo, que é o responsável pelos armazéns da monteCCer.

A monteCCer é uma cooperativa que atende cafeicultores de Monte Carmelo e região e ocupa posição de destaque na cafeicultura, sendo atualmente uma referência no agronegócio brasileiro. Conta com moderna estrutura própria que, na safra 2016, armazenou 540.000 mil sacas e rebeneficiou mais de 6.000 toneladas de café.

Foto: RP Construções Metálicas

A safra 2018 ainda não está encerrada, mas com o movimento realizado até o momento, tudo indica que pode ser um ano de quebra de recordes com mais uma excelente safra.

Atualmente, cerca de 70% do café movimentado pela monteCCer é vendido a empresas exportadoras que destinam esse produto a quase 30 países no mundo. Assim, disponibiliza o café produzido nas fazendas de seus cooperados para ser apreciado pelos consumidores mais exigentes da Europa, América do Norte e Japão.

A monteCCer tem como missão ser a extensão das fazendas dos cooperados, buscando garantir de forma sustentável, valor e renda a todos os integrantes da cooperativa  e contribuir para o fortalecimento da cadeia produtiva nacional do café.

Para cumprir essa missão com êxito, a monteCCer obteve as certificações, sendo cadeia de custódia Utz Certified, Rainforest Alliance e, mais recentemente, Fair Trade, que são as maiores certificadoras internacionais de café, também participa da Denominação de Origem da Região do Cerrado Mineiro com rastreabilidade e segurança alimentar, o que demonstra seu comprometimento com práticas de trabalho transparentes e sustentáveis, que preservam o meio ambiente e prezam pela qualidade de vida das pessoas e comunidades que vivem ou trabalham nas proximidades da cooperativa e das fazendas atendidas.

Desse modo, os produtores que produzem café com esses selos de certificação, podem contar com a monteCCer para armazenar sua produção com as normas exigidas por esses respeitados organismos internacionais. Além disso, também armazena cafés lacrados de outros programas de sustentabilidade: Café Pratice, VolCafé Way, Nespresso e os cafés  com Denominação de Origem da Região do Cerrado Mineiro.

Com o objetivo de buscar um alinhamento ainda mais elevado de qualidade na prestação de serviços, a monteCCer está em processo de certificação na norma ISO 9001 e também no Programa 5S de qualidade.

A expressão ISO 9001 designa um grupo de normas técnicas que estabelecem um modelo de gestão da qualidade para empresas e promove a normatização de produtos e serviços para que a qualidade dos mesmos seja permanentemente melhorada. A adoção das normas ISO confere maior organização, credibilidade e permite aumentar a competitividade das empresas nos mercados nacional e internacional.

Com o intuito de agilizar o atendimento aos produtores, investiu em uma eficiente estrutura que possui capacidade de recebimento de 8.000 sacas de café por dia e está aparelhada para receber café a granel, em sacaria de juta e em big bags, mantendo os lotes de acordo com o que vieram das fazendas.

Foto: Sergio Rodrigues

Um tombador de veículos oferece agilidade ao processo, pois possibilita descarregar uma carreta de 30 toneladas em menos de 15 minutos. A estrutura conta ainda com 4 moegas, separadas em 2 linhas de recebimento. Enquanto uma das linhas trabalha com cafés tradicionais, a outra movimenta apenas cafés diferenciados. Desse modo, há condições de oferecer maior segurança no processo e evitar contaminação.

O café despejado nas moegas cai por gravidade nas esteiras transportadoras e é direcionado para uma balança de fluxo. Na sequência 5 máquinas irão acondicionar o café em big bags identificados e numerados que serão acomodados no armazém.

Conta ainda com uma moderna balança rodoviária certificada pelo INMETRO, que possui sensores que interrompem o processo, caso alguma anomalia durante a pesagem seja observada, pois são capazes de identificar movimento e corpos estranhos. Para disponibilizar mais transparência, foi instalado um visor na balança que permite ao motorista acompanhar em tempo real a pesagem sem sair da cabine do veículo. Além disso, a balança conta também com o apoio de um escritório equipado para aumentar a agilidade, desde o recebimento físico até a emissão de documentos fiscais.

Os armazéns da monteCCer estão equipados para conservar café sob rigorosas condições de qualidade, pois passam anualmente por auditorias de verificação e manutenção das certificadoras dos selos: Utz Certified; Rainforest Alliance, Região do Cerrado Mineiro; Café Pratice, VolCafé Way e FairTrade. Além disso, as máquinas e equipamentos usados na operação são vistoriados e aferidos por empresas credenciadas no INMETRO. Dessa forma, garante ao cooperado, a clientes e compradores, que a qualidade do café depositado em lote a lote será mantida durante todo o período de armazenagem.

A estrutura de armazenagem conta com 3 galpões novos e modernos, sendo que um deles foi construído em 2018 e projetado para receber futuramente uma nova e moderna usina de preparo de cafés diferenciados.

Objetivando prover um nível elevado de segurança, todo o complexo conta com seguro patrimonial, vigilância 24 horas e 34 câmeras para filmar e monitorar a operação e as instalações.

A RASTREABILIDADE é preservada e assegurada na monteCCer. Após o recebimento e a classificação, o café é acondicionado e armazenado lote a lote. Cabe ressaltar, que a cooperativa  sempre respeita a forma como o produtor separou seus lotes na fazenda e mantém essa separacão intacta.

Desse modo, trata o cafeicultor de uma forma única e genuína, pois recebe os lotes diretamente das fazendas, acondiciona-os em big bags, identifica cada um desses bags com uma plaqueta e armazena esse lote de forma a facilitar remoções e embarque.


Sebastião Romeu Rabelo
Gerente de Produção da monteCCer
MBA em Gestão de Cooperativas
29 anos dedicados a cafeicultura
Há 9 anos trabalha com cafés diferenciados 

Esses lotes são registrados no estoque e contém todas as informações do café recebido: em qual fazenda foi produzido, quem é o produtor/proprietário, quais certificados o café possui, qual o peso do lote, em quantos big bags esse lote foi armazenado, em que safra o café foi produzido e qual a localização (endereço) desse lote no armazém.

A monteCCer também opera com processamento de café, e assim, presta serviços de separação e seleção de grãos. Essa tarefa é realizada por máquinas eletrônicas, o que possibilita uma melhor padronização dos cafés e agrega valor ao produto, o que aumenta a rentabilidade dos cafeicultores.

Para proporcionar mais um diferencial, permite flexibilidade e liberdade para o produtor negociar livremente seus lotes de café diretamente no mercado.

Muitos desses diferenciais apresentados, habilitam a monteCCer a ser referência em armazenagem e processamento de café. Contudo, o relacionamento transparente e o trabalho responsável, realizado com máxima segurança para cuidar dos cafés sob sua custódia, têm despertado especial interesse dos cafeicultores para utilizarem os seus serviços.

Esse notável esforço é empreendido para atender com excelência cooperados, clientes, compradores de café e a comunidade local. Dessa forma busca crescimento sustentável e relações justas, saudáveis e éticas com todos.

Segundo Sebastião Romeu Rabelo, o fato da separação de lotes realizada pelo produtor na fazenda ser respeitada e mantida em seus  armazéns  com manutenção total da rastreabilidade, pode ser considerado o maior diferencial da monteCCer, que é uma forma única e especial de tratar o café e o produtor, pois representa na sua essência o DNA da monteCCer e permite que a missão da Cooperativa seja alcançada: ser a extensão das fazendas dos cooperados!

Texto: Eduardo Augusto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Confira mais artigos.